30 dicas para planejar cada passo de um novo consultório de odontologia

crescimento em odontologiaSe você está pensando em montar um consultório de odontologia preste atenção nas 30 dicas  a seguir. Elas podem te ajudar nesse processo incial de abrir uma empresa de odontologia ou na área de saúde (medicina, fisioterapia, psicologia, homecare, etc), espero que elas sirvam de fonte de inspiração para você que está pensando em montar um novo negócio ou mesmo para aperfeicoar um negócio que você já tenha.

1.Faça o que gosta: Ter afinidade com a área que irá atuar é o primeiro passo para abrir um negócio de sucesso.

  • Avalie a intensidade da paixão
  • Conheça suas qualidades
  • Pense na viabilidade
  • Seja realista

2. Explore Nichos: encontre um grupo de consumidores e foque neles, Noivas, GLBTS, Classe A, Classe C. Existem diversas oportunidades prontas a serem exploradas, basta você descobrir como. Faça pesquisa e desenvolva serviços que contemplem o nicho escolhido de forma a atendê-lo e satisfazê-lo.
3. Invista em sua formação :Seja competente em sua área de atuação e mantenha-se atualizado. Na área de saúde não da pra se trancar em quatro paredes depois de formado e imaginar que somente ter um diploma basta para ter sucesso para sempre.
4. Escreva um plano de negócios: o plano de negócios pode lhe dar uma noção se o seu futuro negócio é viável financeiramente antes mesmo de sair do papel. Procure estudar o setor, a localização, o ponto, o público e tudo mais que poderá interferir no andamento do negócio.
5. Traçe cenários pessimistas : tente nao super estimar sua expectativas em termos do novo negócio.
6. Conheça seu público: trace um perfil de quem você quer atender e tente montar uma estrutura compatível com esse público.
7. Começe enxuto: começe pequeno, mas pense grande. Crescer deve ser algo que aconteça naturalmente e de forma estruturada. Tenha ambição.
8. Cresça a partir de demandas reais: Pesquise profundamente seu mercado, invista tempo antes mesmo de abrir o negócio e com certeza esse tempo investido será bem recompensado.
9. Foque em processos. No início o dono do negócio tem que fazer de tudo um pouco. Sem funcionários para delegar funções é uma ótima oportunidade de você criar e aperfeiçoar processos.
10. Contrate certo e evite problemas na justiça: fuja de “jeitinhos”. O barato poderá sair caro e comprometer a nova empresa e o profissional financeiramente no futuro.
11. Não copie o preço do vizinho: conheça profundamente seus processos, custos e estabeleça preços compatíveis com eles.
12. Sócios devem assinar um acordo: deixe tudo escrito e assinado antes de começar. As vezes é melhor não começar uma empresa ou não iniciar uma sociedade do que começar de qualquer jeito ou na base do “vai que dá certo!“.  Se já está dificil combinar certos detalhes de como vai ser a empresa antes dela começar, imagine com ela em funcionamento?!? Pense friamente e não com a emoção e evite problemas futuros, seu bolso e seu “fígado” agradeçem!

Coloque tudo no papel antes de iniciar o negócio. Como diz o ditado: “o combinado não é caro!“. Por exemplo, tente determinar:

  • Quais responsabilidades de cada um na nova sociedade?
  • Quem toma decisões em cada área?
  • Qual será o salário (pró-labore) de cada sócio?
  • A remuneração depende do desempenho?
  • Os lucros serão distribuídos ou re-investidos? por quanto tempo?
  • A quem recorrer em caso de impasse em decisões estratégicas?

13. Registre a empresa: evite a infomalidade. Já que vai começar algo, começe fazendo o certo.
14. Negocie com seus fornecedores: tente manter boas negociações com seus fornecedores. Pagar em dia abre muitas portas em todos os mercados.
15. Tenha uma reserva financeira: Tenha sempre um capital possivel de ser utlizado em tempos de vacas magras, estabeleça quando será necessário deixar de reserva já no plano de negócios .
16. Planeje o  fluxo de caixa : cuidado com os 8 vilões do fluxo de caixa na prestacão de serviços:

  • Inadimplencia de clientes
  • compras em excesso
  • retraçao do movimento no consultório
  • Prazos curtos de pagamentos para fornecedores
  • Prazos longos de recebimentos par clientes
  • Retiradas pessoais feitas por sócios
  • Financiamentos de equipamentos em excesso e com juros altos
  • Falta de reserva para manutenção de equipamentos e emergências

17. Separe contas bancárias: No começo da operação parece natural a todo novo empreendedor, pagar contas da empresa com suas economias pessoais e depois compensar os gastos tirando dinheiro do caixa da empresa para pagar contas de casa. Isso tende a se complicar e no futuro pode comprometer o caixa da empresa. Vira uma bagunça!
18. Controle seu estoque: evite compras desnecessarias e em excesso, isso compromete seu fluxo de caixa e pode gerar perdas de produtos devido a prazos de vencimento.
19. Cuidado com obtenção de financiamentos : procure crescer com capital próprio ou proveniente de lucro do negócio. Infelizmente as taxas de juros dos financiamentos ainda são elevadas e isso compromente muito empresas nascentes.
20. Ouça seu público e o deixe participar : escute seu público alvo, faça pesquisas internas e externas. Aplique os resultados e mostre a seus clientes, com certeza você irá mostrar que valoriza a opinião recebida e isso gera confiança em seus consumidores/clientes/pacientes.
21. Calcule os impostos : cuidado com o sócio Governo. Evite erros nos pagamentos de impostos, isso a médio prazo pode lhe causar boas dores de cabeça.
22. Capriche no site de sua empresa : ter um site atualmente deixou de seu “frescura”e passou a ser um diferencial competitivo. Invista em um design profissional e em sua atualização constante.
23. Tire vantagem ser pequeno: aproveite a facilidade de relacionamento com seus vizinhos do bairro e futuros consumidores/clientes, mostre a cara na vizinhança. Sendo pequeno você também tem agilidade para tomar decisões mais rapidamente, use e abuse desta agilidade sempre com muito pé no chão.
24. Use as mídias socias a seu favor : Twitter, Facebook podem ajudar você a se aproximar de seu público alvo, use as mídias sociais de forma profissional, coerente e colha frutos a médio prazo.
25. Ofereça treinamento: muitas vezes o profissional liberal da área de saúde até investe em sua formação, mas acaba esquecendo do treinamento da equipe e isso pode comprometer toda a estrutura deatendimento.
26. Crie uma marca e a proteja: Desvincular seu consultório de seu nome é uma ótima oportunidade para que no futuro sua estrutura possa caminhar sem depender totalmente de você e sua presença física. Se você optar por criar uma marca tome os devidos cuidados legais para registrá-la no INPI e protegê-la. No futuro se você criar um negócio com processos reproduziveis ele poderá inclusive ser transformado em uma franquia.
27. Participe de enventos ligados a sua área de atuação: Congresso, feiras e cursos são sempre ótimas oportunidades de conhecer as novidades do mercado e estreitar relacionamento com pessoas da mesma área.
28. Delegue quando necessário : esqueça a velha postura de “manda quem pode obedece quem tem juizo”, aprenda a delegar tarefas e cobrar resultados de sua equipe.
29. Preze pela excelencia no atendimento : atendimento é tudo, coloque seu cliente em primeiro lugar e ensine sua equipe a fazer o mesmo.
30. Traçe metas de crescimento: Elas devem ser possiveis e sempre compartilhadas com a equipe para envolver a todos no processo de obtenção e comemore quando as alcançar.

Bem estas são algumas pequenas dicas para você que pretende levar seu negócio adiante de forma sustentável.

Se precisar de uma forcinha para dar um “up” na sua vida profissional e pessoal veja nossa proposta de coaching para dentistas especialmente formulada conhecendo as dificuldades de nossa profissão (clique aqui)

Boa sorte

 

Fonte: adaptado da revista Exame PME – edição Jan. 2013. 50 dicas para planejar cada passo da nova empresa e transformar uma boa ideia em um negócio lucrativo.

 

 

 

About Marcos Rocha

Cirurgião Dentista, Mestre em Odontologia pela FOUSP , Pós graduado em Radiologia e Administração de Empresas, Docente Superior, Personal & Professional Coach, Membro da Sociedade Brasileira de Coach.

View all posts by Marcos Rocha →

2 Comments on “30 dicas para planejar cada passo de um novo consultório de odontologia”

  1. otimos conselhos .
    nunca tin ha pensado de uma maneira empresarial
    estou abrindo um novo consultorio e esses 30 passos abriram mais minha maneira de ver a situação

    1. Que bom que gostou Gerardo.
      É importante demais nesta fase que você se encontra pensar de maneira empresarial, afinal você está abrindo um novo negócio.
      Boa sorte e depois conta pra gente suas aventuras.
      abcs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *